deputada Ângela Garrote participou de encontro que reuniu secretárias e procuradoras da Mulher dos estados.

 



A deputada Ângela Garrote (Progressistas) participou nos dias 30 e 31 (segunda e terça-feira), em Brasília, do 1º Encontro Nacional de Procuradoras da Mulher do Legislativo, promovido pela Secretaria da Mulher da Câmara dos Deputados, por meio da Procuradoria da Mulher, um órgão político e institucional que atua em benefício da população feminina brasileira para tornar a Câmara dos Deputados um centro de debates sobre à igualdade de gênero e à defesa dos direitos das mulheres no Brasil e no mundo.     

Com a presença de secretárias e procuradoras de Mulher de diversos estados brasileiros, além de vereadoras e representantes das Secretarias e Procuradorias Municipais, o evento encerra as programações em alusão ao “Agosto Lilás” e aos 15 anos da Lei Maria da Penha.

Entre as atividades aconteceu a apresentação do texto-base da Rede Nacional de Procuradorias da Mulher; cursos para a criação de Procuradorias estaduais e municipais; reuniões com representantes da Associação dos Magistrados Brasileiros sobre a Campanha Sinal Vermelho com a ONU Mulheres e Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres.  

Em sua fala, como procuradora da Mulher em Alagoas, a deputada Ângela apresentou dados de violência contra a mulher em Alagoas e reforçou a importância da criação de procuradorias nos municípios como uma maneira de fortalecer os mandatos femininos e concurso para delegadas. 

“Sempre falei que lugar de mulher é onde ela quiser. É uma batalha enorme, principalmente por ser mulher. Temos uma deficiência de delegadas para combater esse crime covarde. Em Alagoas, recentemente, foi criada a Casa da Mulher Alagoana, para fortalecer ainda mais a proteção. Me tornei uma mulher forte, através das dificuldades da vida e não baixo a cabeça para homem nenhum. Não vou parar de dizer, VAMOS MELHORAR.  Vamos andar os 4 cantos de Alagoas, os 102 municípios para lutar contra a violência ”, disse a deputada. 

Na terça-feira, as procuradoras almoçaram o presidente da Câmara dos Deputados, deputado Arthur Lira, onde foi discutido sobre o aumento do número de procuradoras no Brasil. Na quarta-feira, foram recebidas pelo presidente do Senado Federal, senador Rodrigo Pacheco e pela procuradora da Mulher, senadora Leila Barros, para expor as pautas femininas e mostrar a luta e união em busca de mais igualdade. 

fonte: Minuto Sertão

Site Revista do Luiz