Presidente da AMA Hugo Wanderley mobiliza bancada federal e municípios contra fechamento das agências do Banco do Brasil.

 

Presidente da AMA Hugo Wanderley mobiliza bancada federal e municípios contra fechamento das agências do Banco do Brasil.

 

pelo menos 10 municípios terão suas agências ou postos de atendimentos do Banco do Brasil fechados nos próximos dias. O presidente da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), Hugo Wanderley, repudia a ação que vai prejudicar economicamente os municípios e pede que reverta a situação.

“Isto é um retrocesso. O banco deveria cumprir o seu papel social. Vamos entrar em contato com a bancada federal para solicitar apoio e reverter a situação. O fechamento das agências e postos é ruim para economia local e durante pandemia estimula ainda mais a aglomeração e a circulação de pessoas entre os municípios, quando no momento o isolamento social é peça fundamental para evitar o contágio”, destacou o presidente Hugo, ao falar que se preocupa também com a segurança do cidadão.

A diretoria nacional ainda não comunicou oficialmente quais serão agências e postos fechados, mas um levantamento da AMA com os prefeitos identificou que as agências de alguns municípios já haviam sido rebaixadas para Postos de Atendimento, já outros municípios terão os serviços completamente fechados nos próximos dias.

Segundo mapeamento preliminar feito pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf), serão pelo menos 160 unidades em todo país, sendo o Nordeste a região mais afetada.

Segundo o prefeito de Dois Riachos, Ramon Camilo, um dos municípios que ficará sem serviço do Banco do Brasil, a ação vai prejudicar o comercio afastando quem mais precisa do banco.

 

Site Revista do Luiz