Operação da Polícia Civil de PE que resultou na prisão de delmirense foi realizada três estados.

 

Operação da Polícia Civil de PE que resultou na prisão de delmirense foi realizada três estados.

Denominada “Tártaro” operação está em sua 9ª edição e visa prender envolvidos em assaltos a banco e carros-fortes. 

A operação da Polícia Civil de Pernambuco que resultou na prisão de um delmirense foi realizada em três estados e resultou em mais de 20 prisões segundo a Assessoria de Comunicação. Os alvos foram cumpridos em Alagoas, Bahia e Pernambuco, todos são acusados de envolvimento em assaltos a banco e carros-fortes.

NOTA À IMPRENSA

A POLÍCIA CIVIL DE PERNAMBUCO desencadeou na manhã desta sexta-feira, 05/03/2021, a 9ª Operação de Repressão Qualificada do ano, denominada "TÁRTARO",vinculada à Diretoria Integrada Especializada - DIRESP, sob a presidência dos Delegados Edvaldo dos Santos Veiga Júnior e Dark Blacker de Andrade, integrantes da Força Tarefa de Repressão a Assaltos a Bancos e Carros Fortes Sertão – FTB - SERTÃO, coordenada pelo departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais - DEPATRI. 

A investigação foi iniciada em julho de 2019, com o objetivo de identificar e desarticular integrantes de Organização Criminosa voltada à prática dos seguintes crimes: Latrocínio e Roubo Qualificado. 

No dia de hoje, estão sendo cumpridos 19 (dezenove) mandados de prisão e 22 (vinte e dois) mandados de busca e apreensão domiciliar, expedidos pelas 1ª e 2ª Varas da Comarca de Petrolândia e pela Vara Criminal da Comarca de Salgueiro.  

Na execução, estão sendo empregados 80 (oitenta) Policiais Civis, entre Delegados, Agentes e Escrivães, bem como 04 (quatro) Policiais da PMPE da 1º CIPM, 14 (quatorze) Policiais Rodoviários Federais – Bahia e 34 (trinta e quatro) Policiais Civis da Bahia. 

As investigações foram assessoradas pela Diretoria de Inteligência da Polícia Civil de Pernambuco – DINTEL e contou com o apoio operacional da Diretoria Integrada do Interior II – DINTER II, do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado - DRACO/PCBA, da Superintendência da Polícia Rodoviária Federal da Bahia - SPRF-BA e da Seção Especial de Roubo a Banco– SERB/PCAL.

 

Site Revista do Luiz