Ex Governador Ronaldo Lessa confirma ter recebido convite para presidir AMA.

 

 

Ex Governador Ronaldo Lessa confirma ter recebido convite para presidir AMA.


 

 

O vice-prefeito eleito de Maceió, Ronaldo Lessa (PDT), confirmou que foi convidado para presidir a Associação dos Municípios Alagoanos (AMA). Ao Portal 7Segundos, o ex-governador de Alagoas falou sobre o impacto político que poderia ser causado com o lançamento do seu nome para disputar o comando da instituição que representa todas as prefeituras do Estado.

Embora pudesse ser o favorito ou o candidato de consenso, Lessa levantou questões burocráticas que poderiam gerar desgaste político e institucional. “Essas coisas da AMA foram faladas comigo. Mas, primeiro, a dificuldade em mudar o regimento. Segundo, talvez ainda maior, se era a resposta política se ajudaria ou não. Todos esses fatores eram coisas que sabiam que teriam de ser ultrapassados”, explicou.

Preocupado em manter a credibilidade da instituição e preservar a prerrogativa de apenas prefeitos poderem participar da disputa, o vice-prefeito eleito da Capital acredita que é pouco provável sua participação na eleição para a presidência da AMA. “Portanto, acho muito difícil isso prosperar”, disse.

Ronaldo Lessa fez questão de destacar que seu nome está a disposição para ajudar no que for preciso e enfatizou que não partiu do seu grupo político o interesse em disputar a presidência da AMA. “Me coloquei a disposição se for para ajudar. Mas essa ideia não surgiu de mim. Não imaginei nada sobre isso, até porque sabia que o regimento não permitia. Portanto, não foi uma coisa que foi pensada por nós, nem nada. Isso surgiu de algumas pessoas que começaram a conversar e trataram do assunto”, esclareceu.

No dia 14 de dezembro, o Portal 7Segundos deu a informação em primeira mão de que o nome de Ronaldo Lessa seria apresentado como candidato à presidência da AMA para evitar um novo embate entre as duas maiores forças políticas do Estado, que poderia resultar no desgaste da imagem da instituição diante da população alagoana.

 

 PORTAL 7Segundos.

 

 

Site Revista do Luiz