Forjaram um atentado em Minador para cenário afirma Emílio Barros sobre atentando á Josias Aprígio.

 Forjaram um atentado em Minador para mudar cenário”, afirma Emílio Barros sobre atentado à Josias Aprígio.



 O candidato a prefeito de Minador do Negrão, Emílio Barros (PDT), acusou hoje o candidato da oposição Josias Aprígio (PP), de ter forjado o atentado a tiros à seu veículo na noite de ontem (08).  Fotos que circulam nas redes sociais mostram um carro atingido por tiros do lado do passageiro, mas não há informações de feridos.  Josias Aprígio ainda falou publicamente sobre o caso.


Em nota, Emílio Barros manifestou repúdio ao ato acontecido com o veículo do candidato da oposição e disse que vê nisso a oportunidade para utilizar o fato, como uma tentativa desesperada de confundir a cabeça do povo minadorense. “Todos sabem do meu passado, da minha forma de respeitar as pessoas e entender que esse não é o caminho que nosso município precisa seguir. Forjar um atentado a si próprio, como forma de macular uma situação não ocorrida, na tentativa de reverter um cenário político definido com o objetivo de criar na mente das pessoas um embaraço, não será um caminho para vencer as eleições em Minador do Negrão. Venho a público, repudiar atos dessa natureza, não é desse tipo de político que Minador precisa”, diz um trecho da nota.


Questionado pela reportagem sobre os tiros que atingiram o carro de Josias, Emílio Barros limitou-se a dizer na ocasião: “Eles que deram”.


Ele afirmou ainda que vai acionar os órgãos de segurança para que sejam apresentados à sociedade a verdade sobre o ocorrido. “Minador do Negrão precisa de trabalho, progresso e paz, haja vista, que essas práticas sujas já foram jogadas fora, pelo nosso povo, e não será agora que vamos retroceder. Minador já superou esse tempo de desmandos e atentados, quando lá atrás, iniciamos o processo de mudança, onde criamos esse novo tempo, marcado pelo trabalho e pela paz. Atitudes como essa, são desprezíveis e pequenas, e mostra que tipo de política querem implantar em nossa cidade, o tempo de enganar e manipular as pessoas já acabou, e nosso povo já não aceita mais”, desabafou.

Fonte - Estadão Alagoas

Site Revista do Luiz