DIRETÓRIO ESTADUAL DO MDB IRÁ ACIONAR EXECUTIVA NACIONAL PARA IMPEDIR CHAPA DE LUCIANO BARBOSA EM ARAPIRACA.

 

DIRETÓRIO ESTADUAL DO MDB IRÁ ACIONAR EXECUTIVA NACIONAL PARA IMPEDIR CHAPA DE LUCIANO BARBOSA EM ARAPIRACA.

 

Convenção MDB Arapiraca - Foto: Já é notícia

 

Uma disputa interna entre o diretório estadual e o diretório de Arapiraca ameaça implodir o MDB em Alagoas. A briga no partido gira em torno do lançamento da chapa de Luciano Barbosa (MDB) e Rute Nezinho (PL) para disputar a Prefeitura de Arapiraca.

A confusão no partido começou na última terça-feira, após a executiva municipal escolher Luciano Barbosa, atual vice-governador, para encabeçar a chapa do MDB na busca do Poder Executivo Municipal. A decisão do diretório municipal está registrada no Portal do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/AL), mas desagradou a Executiva Estadual, que pretendia lançar Ricardo Nezinho e Daniel Barbosa na disputa.

Devido a polêmica, na última quarta-feira, 16, o MDB de Arapiraca realizou nova convenção e confirmou o nome de Luciano. A convenção da quarta-feira ocorreu com a presença do médico José Wanderley Neto, do secretário estadual de Gabinete Civil Fábio Farias e do deputado Federal Isnaldo Bulhões, com o acompanhamento da assessoria jurídica da Executiva do MDB.

Os pivôs da discussão, Luciano Barbosa e Ricardo Nezinho não estiveram presente na votação do diretório municipal.

Após a confirmação de Barbosa para a disputa na Prefeitura, o MDB, durante a noite de ontem, lançou uma nota afirmando que o partido não terá candidatos a prefeito e a vereadores por Arapiraca este ano. Para isso, a Executiva Estadual irá acionar a Executiva Nacional do Partido e solicitar cancelamento da decisão tomada pelo diretório municipal do MDB.

Veja a nota, na íntegra:

NOTA PÚBLICA

O MDB de Alagoas se dirige ao povo alagoano, e em particular à população de Arapiraca, para expressar sua profunda decepção com a atitude irrefletida do Diretório Municipal do partido nesta cidade, que provocou o impasse atual. A consequência é que, pela primeira vez na história da legenda, o MDB, que já governou Arapiraca em diversos períodos desde os anos 1970, não deverá ter candidatos majoritários e proporcionais nas eleições locais em 2020.
Os membros do Diretório Municipal, ao se recusarem de forma intransigente a seguir as diretrizes emanadas dos diretórios Estadual e Nacional do MDB, romperam as relações democráticas e respeitosas entre as instâncias do partido, violaram o Estatuto da legenda e mancharam a própria história do MDB em Arapiraca e em todo o Estado de Alagoas.

É deles, portanto, a responsabilidade pelo gravíssimo prejuízo político ao MDB e ao honrado povo arapiraquense, que deposita no partido esperanças de progresso e lamentavelmente corre o risco de ficar sem opção de voto.

Não resta ao MDB de Alagoas, diante de tal afronta, outra providência estatutária senão a de encaminhar a dissolução do atual Diretório Municipal de Arapiraca, conforme autoriza a lei, para restabelecer a credibilidade e integridade do partido no município.

FONTE: Arapiraca News.

Site Revista do Luiz