Governador e ministro entregam sistemas de dessalinização em Tapera.

Governador e ministro entregam sistemas de dessalinização em Tapera.

 Renan Filho e Rogério Marinho também fazem visita técnica ao trecho 4 do Canal do Sertão, nesta segunda-feira (13).

 

Obras do trecho 4 do Canal do Sertão serão inspecionadas durante visita técnica Obras do trecho 4 do Canal do Sertão serão inspecionadas durante visita técnica Ascom Seinfra


O governador Renan Filho e o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, fazem, nesta segunda-feira (13), às 10h30, a entrega simbólica de 30 sistemas de dessalinização do Programa Água Doce (PAD), na comunidade Malhada Bonita, em São José da Tapera. Antes, às 9 horas, eles visitam as obras do trecho 4 do Canal do Sertão, também no município sertanejo.
O PAD é uma ação do Governo Federal, coordenada pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), em parceria com instituições federais, estaduais, municipais e sociedade civil, que visa estabelecer uma política pública permanente de acesso à água de qualidade para o consumo humano.
Em Alagoas, as obras do PAD são executadas em parceria com a Secretaria do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) e já beneficiam mais de 30 mil sertanejos, em 15 municípios alagoanos. O Estado participa com contrapartida financeira, além de promover a participação de entidades e da sociedade civil organizada no processo de execução dos trabalhos.
Um dos principais diferenciais do Programa Água Doce é a destinação ambientalmente adequada do efluente gerado no processo de dessalinização. Na maioria dos casos, o rejeito é lançado num tanque de contenção para evaporação, evitando a degradação do solo.
No entanto, dependendo das características físico-químicas deste concentrado, o efluente poderá ser destinado a outros usos como dessedentação animal ou irrigação para agricultura biossalina, que é uma alternativa de cultivo, em que se tem como base o uso de águas com relativos teores de sais.
“Com essa parceria com o Governo Federal conseguimos levar uma política pública permanente de acesso à água de qualidade para uma população que necessita desses recursos, principalmente no nosso Sertão e Semiárido alagoano, mudando também a qualidade de vida dessas pessoas”, destacou o secretário do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, João Paulo Tavares, que participa da agenda em São José da Tapera.
Canal do Sertão
A agenda de trabalho em São José da Tapera será aberta às 9 horas com a visita técnica às obras do trecho 4 do Canal do Sertão. Além do ministro, do governador e do secretário do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, o titular da Secretaria de Estado da Infraestrutura, Maurício Quintella, também participará da inspeção. As obras do trecho 4, entre Senador Rui Palmeira e São José da Tapera, estão com 88% dos serviços executados.
Considerada a maior obra de infraestrutura hídrica de Alagoas e uma das maiores do país, o Canal do Sertão contará, até sua conclusão, com 250 km de água e tem como objetivo beneficiar 1 milhão de pessoas em 42 municípios alagoanos. Atualmente, a obra já beneficia 200 mil moradores, entre Delmiro Gouveia e São José da Tapera.

 

Site Revista do Luiz

,