Quem só pode se acordo político é imoral ou não é eleitor diz Ricardinho Santa Rita

Quem só pode se acordo político é imoral ou não é eleitor diz Ricardinho Santa Rita


O pré-candidato a prefeitura da cidade de Maceió pelo partido Avante, Ricardinho Santa Rita, disse em entrevista a reportagem do Cada Minuto que acordos políticos entre presidentes de partidos e os chefes dos executivos durante o período eleitoral é comum para que algumas candidaturas possam "sobreviver" a "guerra" eleitoral, mas que quem pode afirmar se esse tipo de postura é moral ou não, é o povo.

"Esses acordos políticos sempre existiram, a gente tem um sentimento de renovação, mas isso está em fase de transição, isso ainda vai ocorrer. A questão da discussão se acordos entre políticos é moral ou imoral quem vai afirmar  isso é o eleitor durante o pleito", disparou.

Santa Rita que defende o fortalecimento do empreendedorismo na capital, explicou que deve haver um possível segundo turno em Maceió e que cada pré-candidato já possui sua estratégia para que possa se manter "vivo".
Fonte cada minuto

 

Site Revista do Luiz

,