Câmara federal tem plenário esvaziado e maioria Pró-impeachmnt.

 Câmara federal  tem plenário esvaziado e maioria Pró-impeachmnt.

.
Mais da metade dos partidos já fez uso da tribuna da Câmara durante as primeiras 22 horas de discussão do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.
 Apresentaram seus posicionamentos os quadros de PMDB, PT, PSDB, PP, PR, PSD, PSB, DEM, PRB, PTB, PDT, SD, PTN, PCdoB e PSC. A sessão começou às 8h55 de sexta-feira e avançou noite adento.
O plenário ficou praticamente vazio durante a madrugada de sábado. Por volta das 4h, apenas 22 dos cerca de 513 congressistas da Casa estavam presentes.
 Os parlamentares se revezavam ao microfone, conforme a vez de seus partidos, e na maior parte dos casos discursavam somente para correligionários. Após uma pausa de 15 minutos, uma nova sessão foi reaberta às 5 horas
 Das 15 siglas que usaram a tribuna até às 6h50 do deste sábado, somente PDT, PCdoB e parte do PTN, além do PT, saíram em defesa do governo.
 O líder da bancada pedetista, Afonso Motta (RS), lembrou que boa parte das legendas hora favoráveis ao impeachment da presidente Dilma fizeram parte de base aliada "até ontem".
 "Eles participavam efetivamente do governo. Só com a ocupação de ministérios? Não. Atuavam diretamente, direcionando as políticas públicas. Dizer agora que não tinham participação é uma falácia. Algo que não cabe dentro do bom debate", disse.
 Contrários à permanência de Dilma no Palácio do Planalto, alguns deputados apelaram a que vão além da acusação de crime de responsabilidade da qual a petista é alvo.





Resultado de imagem para Câmara federal tem plenário esvaziado e maioria Pró-impeachment.

Site Revista do Luiz