Em depoimento, Neymar Jr diz que assessoria é responsável por vídeo com imagens íntima.

Em depoimento, Neymar diz que assessoria é responsável por vídeo com imagens íntimas.




Neymar é investigado por divulgar imagens íntimas de suposta vítima de estupro

(Foto: Divulgação/ Agência Brasil)

Neymar disse, em depoimento prestado na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) na última quinta-feira (6), que gravou apenas a primeira parte do vídeo, no qual se defende da acusação de estupro, e que um assessor e um técnico em informática foram os responsáveis pela junção do trecho com as mensagens íntimas que ele havia trocado com Najila Trindade.

Ao admitir ter liberado o teor da conversa, o jogador também declarou que orientou a preservação das partes íntimas da mulher, mas que houve um descuido e alguns trechos acabaram vazando.

Confira:

Relembre o caso

O suposto estupro teria ocorrido em 15 de maio, em um hotel de Paris. A mulher, que conhecera o craque pelas redes sociais e viajara à França para encontrá-lo, diz que ele estava "embriagado" e "agressivo".

Neymar, por sua vez, expôs nas redes sociais uma conversa de WhatsApp com a jovem - que gerou um novo inquérito, no Rio de Janeiro, por vazamento de fotos íntimas - para tentar provar que a relação teria sido consensual. Além disso, a assessoria de imprensa do craque relatou uma suposta tentativa de "extorsão" por parte da mulher.

A polícia de São Paulo, por sua vez, quer ouvir novamente a jovem que está acusando Neymar, com objetivo de esclarecer algumas informações que ficaram em aberto.

Alguns dias depois do encontro com Neymar, a mulher procurou um especialista em aparelho digestivo e o laudo médico apresentou um distúrbio estomacal, bem como transtorno ansioso e depressivo. O resultado também apontou hematomas e arranhaduras nas pernas e glúteos da jovem. Ela também relatou aos advogados que o caso que teve com Neymar foi consensual.

Site Revista do Luiz

,